Veja 5 mudanças na CNH [Carteira Nacional de Habilitação]

Renovação exigirá curso, exame prático terá duas balizas e motos terão aulas nas ruas, determina Contran. Documento também deverá ter chip.

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) está passando por várias mudanças no Brasil, que vão desde o seu formato até o próprio processo de habilitação e renovação.

Veja o que está previsto para mudar nos próximos meses e anos:

1) Curso para a renovação da CNH

A partir de junho, renovar a CNH vai ficar mais complicado com a necessidade de curso de atualização e prova teórica. Com duração de 10 horas/aula, a avaliação deverá ser feita a cada 5 anos. Até então, só era exigido exame médico.

2) Motos e ‘cinquentinhas’ terão aulas na rua

Quem for tirar a 1ª habilitação para motos (A) ou ciclomotores (ACC), conhecidas como cinquentinhas, terá que fazer aulas e exames nas ruas a partir de junho. Atualmente, os alunos rodam com esses veículos apenas em circuito fechado.

3) Baliza mais difícil


Outra mudança prevista para começar em junho é na prova da baliza, que ficará mais difícil. Os candidatos terão que fazer 2 manobras obrigatórias. Até então, apenas um tipo era aplicado: o modelo ficava a critério do Detran.

4) CNH com chip em 2019

A carteira de habilitação também será modernizada, virando um cartão com chip. Prevista para ocorrer até 1º de janeiro de 2019, a mudança na parte física da CNH vai torná-la em um “cartão inteligente”.

5) CNH digital

A versão digital da habilitação deve começar a ser emitida em todo o país a partir de 1º de julho. Ela será opcional e a CNH física continuará valendo. Alguns estados já emitem a versão digital.
Com informações do G1

PORTAL DO JURUÁ - Noticias e informações de Cruzeiro do Sul, Juruá e do Acre, sempre com imparcialidade e o compromisso da verdade.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.