quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

É 15 PRA TODO LADO: Agentes de saúde fazem protesto em frente a prefeitura de Cruzeiro do Sul e cobram direitos trabalhista;

Por Portal do Juruá
Grupo demanifestantes foi até a Prefeitura de Cruzeiro do Sul (Foto: AdelcimarCarvalho/G1)
Na manhã desta terça-feira (28), um grupos de servidores da saúde formado por cerca de 100 agentes de saúde fizeram um protesto em frente a prefeitura de Cruzeiro do Sul.

Uma comissão de servidores foi recebida pelo secretário Municipal de Administração para ouvir as reclamações dos manifestantes e levar ao conhecimento do prefeito.

Os agentes da dengue reclamam que não receberam o pagamento do salário de novembro e pedem a criação de um Plano de Cargos e Carreiras e o fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Eles afirmam ainda que há aproximadamente 6 anos não é fornecido esse tipo de material à categoria.

Zuila Lima, representante do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias do Acre (Sindacs), diz que a categoria tenta negociar há mais de um ano.

“Estamos desde 2017 só na conversa. E eles [prefeitura] não resolvem nossa questão dos direitos trabalhistas. Não temos um regime definido. Tem uma lei federal que diz que devemos ser regidos pela CLT, ou regime próprio do município. O pessoal foi concursado para fazer parte do quadro do município há 11 anos e ainda não temos um enquadramento definido”, afirma.

Zuila reclama também de atraso de um mês de salário dos agentes de dengue.

“Tem a questão do incentivo, que é um recurso específico que está em atraso, os agentes de dengue estão com o mês de novembro que não foi pago. Sabemos que o recurso foi repassado pelo ministério e não chegou nas contas dos agentes”, acrescenta.
Por G1 Acre

PORTAL DO JURUÁ - Noticias e informações de Cruzeiro do Sul, Juruá e do Acre, sempre com imparcialidade e o compromisso da verdade.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;