Concurso Polícia Federal oferecerá oportunidades para nível superior e inicial de até R$ 22 mil!

Concurso Polícia Federal: AUTORIZADO, certame entra na agenda do presidente Temer!

Concurso Polícia Federal oferecerá oportunidades para nível superior e inicial de até R$ 22 mil!

Concurso Polícia Federal pagará até R$ 22 mil! Edital autorizado!

O concurso público para a Polícia Federal (PF) está na lista de prioridades do diretor-geral da corporação, Fernando Segóvia. O assunto entrou em pauta, inclusive, na reunião do chefe da instituição em encontro com o presidente da república, Michel Temer.

Conforme noticiou O Globo e com informações de assessores palacianos, o diretor-geral da PF compareceu ao Planalto para apresentar proposta focada na implementação de um novo plano de segurança nacional. O documento, elaborado pela diretoria do órgão, trata principalmente da segurança nas fronteiras e no combate ao aumento dos índices de criminalidade registrados em 2017.

Além disso, o plano prevê a abertura de novos concursos públicos para a Polícia Federal. A ideia é aumentar o efetivo capaz de atuar na prevenção do narcotráfico e do crime organizado. Integrantes da equipe de Temer confirmaram que o presidente ouviu com atenção a proposta, mas ainda aguarda maiores detalhes sobre a iniciativa da diretoria da PF para se manifestar sobre o assunto.Diretor-geral da PF, Fernando Segóvia fala de concurso PF 2018 com presidente Michel Temer

Segundo informou a assessoria na última quarta-feira, dia 10,o concurso PF 2018 já está AUTORIZADO. Serão ofertadas pouco mais de 600 oportunidades. O pedido inicial, se atendido na íntegra, era para 1.758 oportunidades.

Além disso, as diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária de 2018 prevê arrecadação com inscrições para a realização do novo concurso público (veja abaixo).

Em entrevista coletiva, Segóvia reconheceu a carência de delegados na PF e revelou que há investigações paradas na Operação Lava Jato por falta de pessoal.

“Foi detectado que uma falta de contingente da PF tem deixado uma velocidade de produção um pouco menor do que talvez fosse o necessário”, admitiu o novo diretor-geral, informando que pretende ampliar o quadro de pessoal da Polícia Federal.

O pedido de atesto orçamentário permanece em análise do Ministério do Planejamento (MPDG). A última movimentação foi em 17 de outubro, quando o processo foi reaberto pela Divisão de Concursos Públicos. O processo trata da política de ingresso contínuo de servidores policiais na PF.

Em agosto, no dia 23, foi registrada alteração do nível de acesso geral para Restrito da solicitação, um dos importantes passos para a concessão da verba.

No dia 31 de julho, também houve movimentações, sendo o processo concluído no Gabinete da SGP do Planejamento. No total, foram 19 movimentações, entre elas Secretaria Executiva e Assessores da ASTEC, sinalizando que em breve teremos o aval orçamentário para realização do concurso Polícia Federal 2017 – veja abaixo as movimentações.

O certame já está autorizado para os cargos de agente, escrivão, delegado e perito federal, esses dois últimos com pedido em outro protocolo/processo, que também tramita no Planejamento.

Os processos que tratam de concurso Polícia Federal para agente e escrivão chegaram a passar por alguns setores do Planejamento assim que foram protocolados. O aval para realização do concurso Polícia Federal partiu do diretor-geral da PF, Leandro Daiello, que possui autonomia para autorizar novos certames, de acordo com o Decreto nº 8.326 de 2014.

Requisitos e remunerações do concurso Polícia Federal (PF)

Os cargos de agente e escrivão admitem graduados em qualquer área de formação. Os rendimentos iniciais para esses são de quase R$ 12 mil (também com o auxílio). Para os policiais lotados nas regiões de fronteira, a Lei 12.855 instituiu em 2013 o pagamento de uma indenização no valor de R$ 91 por dia de trabalho, podendo gerar ganhos adicionais de até R$ 2 mil por mês, aproximadamente.

Para delegado, é necessário o bacharelado em Direito, além de experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. No caso de perito, a formação exigida varia conforme a área de atuação. A remuneração oferecida para ambos é de R$ 22 mil no início da carreira, incluindo o auxílio-alimentação, de R$ 458.

Concurso Polícia Federal é autorizado!

A expectativa é de que sejam ofertadas 1.758 oportunidades. Dessas, 1.200 são para escrivão e agente, 600 para cada, e 558 para delegados e peritos, 491 para a primeira função e 67 para a segunda. A ADPF já confirmou em em seu site a autorização do certame – clique na imagem.

De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Boudens, a maior carência hoje é de agente de polícia, apontando a necessidade de contratação de pelo menos 6 mil novos servidores para o cargo.

O representante da categoria criticou a relação atual de três agentes para cada delegado e disse que ela, no passado, já foi de 12 para um. E a relação deverá ficar ainda mais irregular com a eventual efetivação do concurso planejado, aumentando a urgência de concurso para o cargo operacional.

Segundo Boudens, a federação tem buscado junto à PF a realização de concurso para agente. Na sua opinião, uma nova seleção precisará ser aberta já no ano que vem. “A PF desempenha uma série de atribuições de fiscalização e controle que são de responsabilidade desses servidores”, observou.
Aulão dá dicas de estudos para o concurso Polícia Federal

Detalhes concurso Polícia Federal:

Concurso: Departamento de Polícia Federal (Concurso Polícia Federal)
Banca organizadora: em definição
Cargos: Agente; Escrivão; Delegado e Perito
Escolaridade: nível superior
Número de vagas: a definir
Remuneração: até R$ 22 mil
Situação: anunciado
Por Gran Cursos Online

PORTAL DO JURUÁ - Noticias e informações de Cruzeiro do Sul, Juruá e do Acre, sempre com imparcialidade e o compromisso da verdade.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.