Bandidos montam barraca com guarda-sol para inscrições em facções; “vendem drogas a qualquer hora” em Cruzeiro do Sul;

As facções criminosas que há alguns anos passaram a comandar algumas regiões do estado do Acre, começam a funcionar como empresas, só faltando Inscrição Estadual e o CNPJ.

Em Cruzeiro do Sul, por exemplo, bandidos armam mesas com guarda-sol no meio das ruas para fazerem inscrições de pessoas que desejam ingressar em seus grupos criminosos.

No último sábado, ao menos cinco integrantes do Comando Vermelho, armados até os dentes, passaram o dia no bairro Saboeiro, recebendo novos filiados.

“Eu pensava que era alguma venda de alguma empresa tipo o AcreCap”, disse um morador que pediu sigilo à sua identidade. “A venda de droga no Saboeiro e no bairro da Cohab é liberada. Quem quiser comprar é só ir lá a qualquer hora da noite ou do dia”, garante.

O local, que fica bem próximo ao Teatro dos Nauas e à escola Dom Henrique Rute, é um dos mais frequentados por traficantes, que chegam a oferecer drogas em plena luz do dia às pessoas que passam por lá.

O município de Cruzeiro do Sul, que é o segundo maior do Acre, conta apenas com dois delegados para combater o crime organizado e cuidar de outras demandas. Lindomar Ventura é um deles, e de acordo com moradores da cidade, o mais atuante.

O outro delegado, conhecido como Luiz Tonini, responde pela Delegacia da Mulher. Ele é marido da delegada Carla, que disputou a prefeitura pelo Partido dos Trabalhadores nas eleições de 2016 e desde então não teria retornado às suas funções.
As informações são do jornal ContilNet

PORTAL DO JURUÁ - Noticias e informações de Cruzeiro do Sul, Juruá e do Acre, sempre com imparcialidade e o compromisso da verdade.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.