domingo, 24 de dezembro de 2017

No Acre, menino de 3 anos espera ansioso caminhão do lixo para distribuir panetone a garis; ‘é apaixonado’, diz mãe

Por Portal do Juruá
Apaixonado por caminhões de lixo, o pequeno Théo Bandeira, de 3 anos, faz questão de todo sábado esperar os garis passarem no Conjunto Universitário, em Rio Branco, onde ele mora. Neste sábado (23), o garoto fez mais do que esperar pelos trabalhadores, ele distribuiu panetones para a equipe que recolhia o lixo.


A surpresa de Natal foi gravada pela mãe do menino, a assistente social Gisele Bandeira.

"Todo sábado temos que estar acordados para ver o caminhão. Desde bebezinho ele gosta de carros grandes, caminhões, ônibus. Não é o primeiro ano que dou panetone, dei ano passado também e foi debaixo de chuva. Fiquei na calçada com um guarda-chuva, ele no meu colo segurando o panetone, e ele fazendo sinal para o motorista parar e pegar o ‘tone’. É muito engraçado”, contou.

Com um gorro de Natal na cabeça, esse ano Théo esperou na calçada ao lado da avó os garis chegarem em frente da casa dele. Antes mesmo de o caminhão parar em frente da casa dele, o pequeno já corre e pega uma das caixas da mão da avó e vai entregar para os trabalhadores.

"Ontem [sexta, 22] me marcaram na matéria do menininho lá de São Paulo, acham que me inspirei nele, mas não foi. Todo sábado vou para calçada, faço vídeo, e posto no meu Instagram, Facebook", comenta a mãe.

Gisele revela que a paixão por caminhões começou ainda no primeiro ano de vida do filho. Ela diz que ele tem vários caminhões de lixo de brinquedo e ganhou mais um de presente de Natal de uma amiga dela do trabalho.


"No aniversário de 1 ano fomos encomendar o bolo com uma boleira e quando chegamos lá tinha um caminhão de lixo de brinquedo e ele ficou encantado. Fui atrás de comprar um, corri Rio Branco toda e não achei. Encontrei na internet e comprei. A boleira foi convidada para o aniversário e deu um caminhão para ele também", lembrou Gisele.

Além do amor que tem pelos garis, a mãe diz que o filho é apaixonado por outros profissionais: os bombeiros. A amizade com uma equipe do Corpo de Bombeiros do Acre começou em um supermercado da capital. A mãe fala que o garoto já visitou um dos batalhões e levou até bolo para os profissionais comemorarem o Dia do Bombeiro.

"Chegamos no supermercado e tinha uma moça e um rapaz com a farda dos bombeiros. Ele disse que queria dar um abraço no bombeiro. Fiquei pensando como fazer aquilo porque sou muito envergonhada. Cheguei, falei que meu filho gostava muito dos bombeiros e perguntei ses eles poderiam dar e disseram que sim. Onde passamos que tem algum carro do bombeiros ele fala ‘mamãe, o carro do bombeiro’. Ontem levamos panetone para os bombeiros também", acrescentou. Com informações do G1.
Théo entregou panetones de Natal para os garis neste sábado (23) (Foto: Gisele Bandeira/Arquivo pessoal)
PORTAL DO JURUÁ - Noticias e informações de Cruzeiro do Sul, Juruá e do Acre, sempre com imparcialidade e o compromisso da verdade.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;