segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Menina de 9 anos atingida em tiroteio em Cruzeiro do Sul teve lesão grave na perna, diz médico

Por Portal do Juruá
O estado de saúde da garota de 9 anos que foi atingida com um tiro na perna durante disparos que resultaram na morte da presa do semiaberto Maria Núbia Silva de Oliveira, de 38 anos, na noite desta quarta-feira (30) ainda é grave. De acordo com o médico e diretor do Hospital do Juruá, Ozzi Câmara, a menina teve uma lesão grave na perna.

"Conversei com o cirurgião que operou e com o cirurgião que está acompanhando, ela teve uma fratura no fêmur e uma lesão vascular, mas foi saturada a artéria que foi lesionada. Foi uma lesão grave, mas ainda não tem como saber se ela terá alguma sequela, isso vai ser descoberto com o tempo e vai depender da evolução do quadro. Só podemos afirmar que é uma lesão grave", afirmou Câmara.

A mãe da garota, que prefere não se identificar, disse que os médicos informaram da gravidade do caso e que ela está preocupada. “Eles disseram que o caso não é bom e que ela corre risco de ficar com sequelas”, disse.

A mãe confirmou que a filha passou por cirurgia e está internada, mas que o quadro ainda requer muitos cuidados. “Ela perdeu muito sangue, teve que receber bolsas de sangue porque o tiro rompeu a artéria dela, o quadro dela não está bom”, conta.

A menina foi atingida por disparo na perna quando estava com a mãe, na casa de Núbia. “Eu tinha ido lá para falar sobre um problema que o filho dela e o meu estavam tendo na escola, eu não a conhecia, foi quando tudo aconteceu”, afirmou.

Ela conta que não conseguiu ver os suspeitos que chegaram de moto e só percebeu o ocorrido quando a filha já estava no chão. “Minha filha foi atingida sem necessidade, ela não tinha nada com aquilo”, lamentou. Via G1 Acre

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;