quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Presa do semiaberto é morta com dois disparos dentro de casa em Cruzeiro do Sul

Por Portal do Juruá
A presa do semiaberto Maria Núbia Silva de Oliveira, de 38 anos, foi morta dentro de casa com dois tiros na cabeça. O crime ocorreu na noite desta quarta-feira (30) no bairro do Formoso, em Cruzeiro do Sul. De acordo com a polícia, a mulher ainda tentou se proteger dos disparos atrás da porta quando foi atingida na cabeça. Mais três pessoas ficaram feridas na ação dos bandidos.
Maria Núbia Silva de Oliveira, de 38 anos, foi morta a tiros (Foto: Arquivo da família)
O irmão da vítima, que não quis se identificar, disse que a irmã estava no semiaberto e era monitorada por tornozeleira eletrônica pelo crime de tráfico de drogas. Ele falou ainda que a família não sabe se a vítima vinha sendo ameaçada. “A gente não sabe nada, porque ela vivia com o marido e os filhos, a gente não sabia muita coisa”, afirmou.

Além de Núbia, mais três pessoas ficaram feridas com os disparos, o sobrinho, de 16 anos, o marido, de 31 anos, e uma menina de 9 anos, que morava próximo da casa da vítima e que no momento estava com a mãe na casa de Núbia. O sobrinho de 16 foi atingido com um tiro na virilha, o marido foi atingido com três disparos, um no braço, e um em cada perna, a menina de 9 anos foi atingida com um tiro na perna. Todos passaram por cirurgias e seguem internados no Hospital do Juruá.

O delegado que investiga o caso, Lindomar Ventura, falou que o crime segue as mesmas características de execução e acredita na hipótese de retaliação. “Passamos por um período de relativa tranquilidade mas, o caso da noite de ontem, segue características de execução. Três homens chegaram e efetuaram os disparos”, disse.

O delegado falou ainda que a princípio as investigações apontam que Núbia não seria a principal vítima dos disparos. “Possivelmente, a princípio, ela não seria o principal alvo. O que nos surpreendeu foi o nível de crueldade porque dessa vez eles não foram na pessoa em questão, eles atiraram contra todos que estavam na casa, inclusive, uma criança que não tinha nada com o acontecido”, finalizou. Via G1 Acre

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;