quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Polícia Civil prende suspeito de estuprar mulher de 54 anos em Cruzeiro do Sul

Por Portal do Juruá
Polícia Civil de Cruzeiro do Sul prendeu, nesta quarta-feira (30), um homem acusado de estuprar uma mulher de 54 anos. A violência sexual teria ocorrido há pelo menos um mês.
Polícia Civil prende suspeito de estuprar mulher de 54 anos em Cruzeiro do Sul
Homem foi preso acusado de estupro em Cruzeiro do Sul (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
“Ela [vítima] reconheceu ele [acusado] e investigando conseguimos localizá-lo por conta das câmeras do Ciosp que flagraram ele conduzindo ela pela rua”, disse o delegado responsável pela Delegacia da Mulher (Deam), Luís Tonini.

O delegado contou que o estupro aconteceu há cerca de um mês, no bairro 25 de Agosto, quando uma senhora de 54 anos estava indo ao banco e foi abordada pelo suspeito, que de posse de uma faca conduziu a vítima até um matagal, onde os abusos ocorreram.

“Foi na Avenida São Paulo, ele abordou ela no meio da rua com a faca e a conduziu até o final da avenida e levou ela para trás de um galpão, onde ele a submeteu aos abusos sexuais”, disse.

O exame pericial confirmou os abusos sofridos pela vítima que procurou a delegacia. “Eu estive no local e verificamos as imagens, inclusive, ele puxando ela. Pedimos a prisão e conseguimos efetuar ontem [terça-feira, 29]. Ele estava com uma faca possivelmente utilizada no crime”, afirmou Tonini.

Essa é a terceira prisão nos últimos dias pelo crime de estupro em Cruzeiro do Sul. No sábado (26) um homem, que supostamente tem problemas mentais foi acusado de estuprar uma criança de cinco anos. Na segunda-feira (28), um rapaz de 21 anos foi preso suspeito de estuprar uma garota de 11 anos. De acordo com o delegado, o trabalho para elucidação desses crimes está sendo feito.

“Estamos trabalhando muito para poder fazer a prisão desses casos, um crime que realmente choca, o crime sexual então a gente tá fazendo esse trabalho, sempre tentando ser o mais rápido possível”, finalizou o delegado.

Da redação do Portal do Juruá com informações do G1 Acre

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;