quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Correios confirmam atraso em entregas em cidade no interior do Acre devido à falha no caminhão

Por Portal do Juruá
A reclamação quanto aos serviços prestados pela agência dos Correios em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, são frequentes. Populares que utilizam o Sedex rotineiramente reclamam de atraso na entrega de suas encomendas, o que acaba atrapalhando, inclusive, quem precisa do serviço para trabalhar.
 (Foto: Adelcimar Carvalho/G1 )
Como é o caso microempreendedor Everton Ribeiro, de 32 anos, que espera por uma encomenda há oito dias. O produto era pra ter chegado no dia 31 e julho, mas até esta terça-feira (8), não foi entregue na cidade.

“Trabalho com serviços gráficos e estou com pendência com um cliente por causa dos Correios. Tem gente reclamando que está esperando encomenda há cerca de 20 dias. Já pago mais caro pelo Sedex porque tenho urgência em receber minha encomenda para atender meu cliente. Estou em situação complicada, tem cliente que entende, mas tem outros que acham que é eu que estou enrolando”, desabafa.

A agência dos Correios na cidade confirmou o atraso nas entregas. O superintendente dos Correios no Acre, Raimundo Luiz, diz que a peça do caminhão não encontrada no Acre causou atraso.

“A estrada está dificultando o transporte. Na última viagem que o caminhão fez para Cruzeiro do Sul quebrou uma peça que não foi encontrada no estado e foi pedida de fora. Na terça, soltamos um caminhão pequeno e na quarta [9] deveremos enviar outro caminhão com as encomendas que estão atrasadas”, garante.

Já Ribeiro diz que as informações são desencontradas e que não é dada uma explicação sobre o que está acontecendo.“Primeiro dizem que o caminhão quebrou, depois que o Sedex não veio. Desse jeito a situação fica difícil para quem precisa desse serviço para trabalhar”, reclama.

Um outro usuário, que não quis se identificar, enviou ao G1 o rastreamento de sua encomenda que foi encaminhada para o destino final no dia 31 de julho, mas que também não foi entregue na data prevista. Via G1 Acre

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;