terça-feira, 29 de agosto de 2017

Casal é preso pilotando motocicleta de cor adulterada e com arma de fabricação turca em Cruzeiro do Sul

Por Portal do Juruá
Casal é preso pilotando motocicleta de cor adulterada e com arma de fabricação turca em Cruzeiro do Sul
Um casal foi preso, na manhã desta terça-feira (29), após perseguição da Polícia Militar na rodovia AC-405 em Cruzeiro do Sul. De acordo com a polícia, duas motos foram flagradas com cores adulteradas e começaram a fugir após perceberem a presença da polícia.

Uma mulher que estava na garupa de uma das motos caiu do veículo quando o condutor invadiu um matagal. Com a mulher, foram encontradas uma bolsa com uma pistola calibre 380 de fabricação turca, com 13 munições intactas.

Ela foi levada ao Hospital do Juruá porque se machucou ao cair da moto. Ainda segundo a polícia, ela passou por cirurgia e passa bem. O homem que conduzia a moto conseguiu fugir.

Logo depois, uma guarnição do Comando de Operações Especiais (COE) prendeu o condutor da outra moto. Segundo o sargento da Polícia Militar, Sauvio Júnior, os dois veículos são furtados e estavam com as cores adulteradas.

“As motos têm registro de furto e foram pintadas grosseiramente na cor preta. Verificamos que as duas motos estavam sem placas. Os condutores aceleraram as motos e foi feito o acompanhamento dos dois até um trecho da AC-405, conhecido como curva da Mariola, onde um dos condutores perdeu o controle da moto, caiu e adentrou a mata. A garupeira foi presa e conduzida ao Pronto Socorro para receber atendimento médico”, explicou Júnior.

O delegado Alexnaldo Batista, que investiga o caso, deve enquadrar o casal por porte ilegal de arma de fogo, organização criminosa e roubo ou receptação de moto.

“Ainda não ouvi os envolvidos. O homem será ouvido aqui na delegacia e a mulher será interrogada no hospital. A informação que se tem é que ela está bem. Os dois serão encaminhados ao presídio e ficarão à disposição do judiciário”, disse. Via G1 Acre

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;