segunda-feira, 19 de junho de 2017

Obra da UPA em Cruzeiro do Sul avança em ritmo intenso

Por Portal do Juruá
Obra da UPA em Cruzeiro do Sul avança em ritmo intenso
Um ritmo intenso de trabalho de homens e máquinas é que se vê ao chegar no local onde está sendo construída a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Cruzeiro do Sul. A obra transcorre de forma acelerada e o prédio já está com mais de 50% de suas instalações concluídas.

Com excelente localização, a UPA de Cruzeiro do Sul terá dois pavimentos e uma área edificada de mais de 2,2 mil metros quadrados. A unidade de saúde contará com ambientes para atendimentos diversos como ambulatoriais, urgência, além de espaços técnicos que uma unidade de saúde exige.

A UPA vai contar com espaços para a classificação de risco, quatro salas de exame, atendimento social, sala de distribuição de medicamento e posto de enfermagem.

Quando inaugurada, a Unidade de Pronto Atendimento disponibilizará 22 leitos, distribuídos em observação masculino, feminino, infantil, individual e urgência. Outro fator importante no projeto arquitetônico é a acessibilidade do prédio para quem é portador de deficiência física. A estrutura vai permitir o amplo acesso das pessoas com dificuldade de locomoção.

Na última terça-feira, 13, o secretário de Estado de Saúde, visitou a obra, acompanhando de perto o trabalho de construção da UPA. Gemil de Abreu Júnior saiu satisfeito com o que viu no local. “Muito contente em presenciar como a construção está acontecendo de forma rápida. Estamos com quase toda a estrutura levantada, que é a parte mais difícil”, destacou.

A UPA na região do Juruá vai atender uma população estimada em mais de 150 mil pessoas, juntando os habitantes de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves, além dos moradores de municípios amazonenses vizinhos, como é o caso de Guajará, onde a população, habitualmente, já procura atendimento de saúde na região.

Da redação do Portal do Juruá com informações da agencia de noticias do Acre

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;