sábado, 10 de junho de 2017

Cruzeiro do Sul: Iapen devem investir quase R$ 9 milhões em ampliação de presídio

Por Portal do Juruá
Atualmente com capacidade para atender 240 detentos, o presídio de Cruzeiro do Sul, Manoel Neri, acomoda 561 que, após o motim na terça-feira (6), estão acomodados em apenas dois pavilhões após depredarem as celas. Além da reforma no prédio, que deve ocorrer até o fim deste, o diretor do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), Martin Hessel, informou que deve investir R$ 8,5 milhões na reforma e ampliação da unidade.
Cruzeiro do Sul: Iapen devem investir quase R$ 9 milhões em ampliação de presídio
Iapen anuncia reforma e ampliação do presídio de Cruzeiro do Sul (Foto: Arquivo pessoal)
O dinheiro é proveniente do Fundo Penitenciário Nacional (FPN) liberado no fim de 2016, quando o instituto anunciou que gastaria R$ 31 milhões para adequar os presídios do estado. Até o final do mês, o projeto deve ir para licitação e Hessel acredita que ainda este ano as obras devem iniciar.

“Vão ser ampliadas em 550 vagas. São dois prédios novos e está em licitação a parte de alambrado da unidade, para fazer todo cercamento da unidade, porque hoje não é cercado. Não tem muralha, principalmente, o bloco mais antigo e isso já está em licitação”, diz Hessel.

Além da reforma nas celas e construção de prédios, o diretor diz que o alojamento dos agentes penitenciários também deve ser melhorado. Nesta semana, o Ministério Público do Trabalho (MPT) ingressou com ação civil pública contra o Iapen para que sejam criadas melhores condições de saúde e segurança no trabalho de agentes penitenciários. A ação pede ainda que o Estado pague R$ 5 milhões de multa por danos morais coletivos.

Um dos problemas apontados era justamente o alojamento e acomodações destinadas aos carcereiros. “É uma ampliação de vagas, alguma coisa de reforma e adequações para um modelo mais novo de presídio, da parte do acesso e da parte de alojamento para agentes. Tudo isso está previsto para iniciar ainda este ano”, garante Hessel.

Motim


A curto prazo, Hessel acredita que as duas celas devem ser recuperadas até o fim deste mês. Sem estipular prazo, ele diz que o recurso para essa reforma é próprio do Estado. Um arquiteto do Iapen deve avaliar os prejuízos causados pelo motim.

“Pra essa situação específica do quebra-quebra, a gente já iniciou o primeiro processo de reparo das celas com recurso próprio mesmo pra gente não demorar, até porque não tem como ficar com os pavilhões aí sem utilização. Então, a gente já iniciou e o governo já sinalizou a liberação de recurso para a finalização dessa primeira parte”, finaliza.

Visitas suspensas

As visitas para os reeducandos dos presídios Manoel Neri e Guimarães Lima, em Cruzeiro do Sul, estão suspensas por tempo indeterminado, o que causou revolta aos familiares que se reuniram nesta sexta-feira (9) na entrada da unidade.

Agentes encontram quase 200 estoques em presídio

Em menos de 72 horas, os agentes penitenciários do Presídio Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul, realizaram uma revista na madrugada desta sexta (9) e encontram quase 100 estoques confeccionados pelos detentos. Agentes penitenciários e Policiais Militares continuam realizando buscas após o motim que ocorreu na terça-feira (6). Após motim, agentes já tinham encontrado mais de 100 estoques nas celas.

Da redação do Portal do Juruá com informações do G1 Acre

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;