segunda-feira, 26 de junho de 2017

Após ameaça de colega, jovem está com medo de voltar à escola: ‘disse que poderia me dar um tiro'

Por Portal do Juruá
Após ameaça de colega, jovem está com medo de voltar à escola: ‘disse que poderia me dar um tiro'
Dicussão ocorreu dentro da escola Dom Henrique Ruth (Foto: Adelcimar Carvalho/G1 )
A estudante Karina Barbosa, de 18 anos, diz que teme pela vida e que está com medo de voltar a frequentar as aulas na Escola Dom Henrique Ruth, em Cruzeiro do Sul, após uma colega de sala a ameaçar de morte. O desentendimento ocorreu nesta sexta-feira (23) e a direção da escola diz que apura o caso. A jovem também registrou um boletim de ocorrência.

“A menina teve uma discussão com a professora por causa de um cartaz. Na sala, temos quatro grupos de trabalhos e ela não quer ficar em nenhum. A professora falou com ela e a menina teve uma breve discussão. Quando ela foi saiu, abriu a porta com raiva e a porta bateu no cesto de lixo. Eu falei para ela ter cuidado, pois a lixeira era nova. Daí ela retornou e começou me ameaçar”, conta Karina.

O G1 não conseguiu contato com a outra estudante até a publicação desta reportagem. Karina diz ainda que a colega a ameaçou de morte e ela teme que a menina cumpra o que prometeu. “Me pediu que tivesse cuidado com minha vida, que não conhecia ela e poderia me dar um tiro. Ela falou que era para eu tomar cuidado, se não dava um tiro na minha cara”, relata.

O coordenador do curso foi chamado e a Polícia Militar também. A jovem registrou um boletim de ocorrência contra a estudante. “Vou para a escola para estudar e não para receber ameaças. Estou com medo de ir para a aula. Essa garota já veio transferida de outra escola devido a problemas”, teme.

O diretor da escola Jair Costa diz que ainda vai ouvir as meninas para tomar alguma providência. “Não estava na escola e ainda não sei ao certo como aconteceu essa discussão. Vou ouvir as duas garotas e a professora que estava na sala de aula para depois ver que decisão vamos tomar”, garante. Via G1 Acre

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;