sábado, 27 de maio de 2017

SISU 2017: MEC libera consulta às vagas no meio de ano

Por Portal do Juruá

As inscrições começam na próxima segunda-feira (29); resultado da chamada regular sai no dia 5 de junho

SISU 2017: MEC libera consulta às vagas no meio de ano

O Ministério da Educação (MEC) liberou o acesso à consulta de vagas que serão oferecidas na edição de meio de ano do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2017. As inscrições começam na próxima segunda-feira (29), e vão até as 23h59 da quinta-feira, dia 1° de junho.

Acesse as vagas

A chamada única ocorrerá no dia 5 de junho, com lista de espera disponível até o dia 19 do mesmo mês. As próximas chamadas ficarão por conta das próprias instituições, com base na lista de espera, a partir de 26 de junho.

 Apostilas ou curso enem 2017

Para concorrer, é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 e não ter tirado zero na redação. Notas de outras edições do Enem não serão aceitas. Os candidatos poderão se inscrever em até duas opções de curso em universidades e institutos públicos, federais e estaduais.

Orientações para inscrição

Para se candidatar, é necessário acessar o site do Sisu, informar o número de inscrição no Enem 2016 e escolher, por ordem de preferência, até duas opções nas vagas ofertadas pelas instituições participantes do programa.

Foi mal no Enem 2016? Junte-se a milhares de vencedores, que passaram nas melhores universidades do Brasil e nos cursos mais concorridos; Compre já sua apostila ou curso para Enem 2017 e garanta sua vaga.


Durante o período de inscrição, o Sisu calcula uma vez por dia a nota de corte para cada curso, com base no número de vagas disponíveis e nas notas dos candidatos inscritos. O candidato pode, durante o período de inscrição, modificar sua opção quantas vezes quiser. É importante ressaltar que o Sisu considera somente a última inscrição concluída.

Pesos e nota mínima

Algumas instituições participantes do Sisu adotam pesos diferenciados para as provas do Enem. Esta informação estará disponível para o candidato no momento da inscrição. Quando o candidato se inscrever para cursos em que a instituição adotou peso diferenciado para determinada prova do Enem, o sistema fará automaticamente o cálculo, de acordo com as especificações da instituição, gerando uma nova nota. Por isso, um candidato pode ter notas diferentes para cursos diferentes.

Além disso, algumas instituições de ensino adotam uma nota mínima para a inscrição em determinado curso. Ao pleitear uma vaga, o aluno é informado se sua nota obtida é suficiente para concorrer àquele curso. Se não for, ele pode optar por outro curso ou outra instituição. É importante lembrar que estudantes que tiraram nota zero na redação do Enem não poderão concorrer às vagas oferecidas pelo Sisu.

Da redação do Portal do Juruá

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;