terça-feira, 23 de maio de 2017

Apos ser preso em operação pela PF, assessor é exonerado por Michel Temer

Por Portal do Juruá
Apos ser preso em operação pela PF, Michel Temer demite seu assessor
O presidente Michel Temer demitiu seu assessor Tadeu Filippelli, apos o mesmo ser preso em operação da Policia Federal. Tadeu foi preso na operação Panatenaico, que investiga um esquema de corrupção nas obras do estadio Mané Garrincha.

Nesta terça-feira (23), o Presidente Temer assinou o ato de exoneração de Tadeu logo que chegou ao Palácio e enviou o documento à Casa Civil, para publicação no diário oficial da união.

O assessor é o homem de confiança de Temer, conhecendo a quase 20 anos Tadeu custumava representar Temer em eventos do partido. Entre os deputados e senadores ele é conhecido como "conciliador", que fala em nome do Presidente Michel Temer.

Da redação do Portal do Juruá

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;