domingo, 28 de maio de 2017

Adolescente baleado na cabeça dentro de sala de aula morre em Rio Branco

Por Portal do Juruá
Portal do Juruá
Adolescente foi baleado dentro da sala de aula em Sena Madureira (Foto: Reprodução/Whatsapp)
O estudante de 15 anos, que foi baleado na cabeça dentro da sala de aula na última terça-feira (23), morreu. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre). O menino estava dentro da sala de aula, na Escola José Raimundo Hermínio de Melo em Sena Madureira, quando dois homens armados invadiram o local e disparam contra a vítima.

Dione Alves, de 24 anos, foi preso e um menor de 16 apreendido pelo crime. Alves foi transferido para Rio Branco e levado para o Presídio de Segurança Máxima Antônio Amaro. O suspeito vai ficar em uma das celas do Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) do presídio. Já o menor apreendido, ficou em Sena Madureira, onde deve cumprir medida educativa.

Ainda de acordo com a polícia, Alves seria o responsável por atirar no menor. A dupla contou em depoimento que a vítima vinha fazendo ameaças e insultos contra eles. Segundo a polícia, Alves e o menor apreendido são de uma facção rival à da vítima.

“A pessoa que praticou o crime dizia que a vítima andava perturbando muito, praticando muitos insultos e outros crimes contra eles. Foram lá para se vingar. Um é de uma facção e outro é de outra facção. É claro que isso a gente entende que é um crime covarde porque invadiu um ambiente público. Foi dentro da escola, então, um crime covarde que foi tratado com firmeza e colocado onde tem que ser colocado”, ressaltou Farias ao G1 na época da prisão.

A Sesacre informou ainda que o boletim mais detalhado sobre a morte do adolescente deve ser lançado ainda neste sábado.

Dione Alves durante chegada na Delegacia de Flagrante de Rio Branco (Foto: Aline Nascimento/G1)
Da redação do Portal do Juruá com informações do G1 Acre

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;