quinta-feira, 27 de abril de 2017

Polícia ouve dois suspeitos de espancar homem após discussão em bar em Cruzeiro do Sul

Por Portal do Juruá
Raimundo Lima Neto, de 38 anos, e Irandis Nascimento, de 31, se apresentaram e foram ouvidos pela Polícia Civil de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, nesta terça-feira (25). Os dois e mais um terceiro homem são apontados pela polícia como responsáveis por espancar com pedaços de ferro e madeira, o produtor de queijo Evaldo Corrêa da Silva, de 43 anos.
Irandir Nascimento ( de listrado) nega envolvimento com o crime, enquanto Raimundo Lima Neto confessa participação nas agressões (Foto: Adelcimar Carvalho/G1)
O crime ocorreu durante uma discussão em um bar, na Vila Santa Luzia, zona rural do município. De acordo com o delegado Alexnaldo Batista, responsável pelo caso, a vítima, que precisou ser transferida para o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), a mais de 600 km da cidade, segue em estado grave.

Batista diz ainda que os dois foram ouvidos. Neto, inclusive, teria confessado participação no crime, já Nascimento admite ter estado no local, mas nega envolvimento na agressão. “Os agressores ficaram sabendo que a Polícia Civil estava fazendo buscas e dois deles acabaram se entregando. O outro, segundo o advogado, deve se apresentar na quarta (26)”, disse.

A dupla, conforme o delegado, deve ser indiciada por tentativa de homicídio, mas responder ao inquérito em liberdade.

Com informações do G1

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;