quarta-feira, 13 de maio de 2015

Polícia Militar vai abrir vaga para deficiente físico este ano

Por Portal do Juruá

Candidatos serão aproveitados no trabalho de administração

Resultado de imagem para VAGAS DEFICIENTE NA POLICIAO próximo concurso para contratação de soldados da Polícia Militar do Rio Grande do Norte deverá abrir vagas para o igresso de deficientes físicos que serão aproveitados no trabalho de administração. O edital ainda não foi lançado mas o secretário de Defesa Social, advogado Cláudio Santos, estima que pelo menos 20 dos novos 1660 soldados e tenentes a serem contra! tados possivelmente este ano sejam portadores de deficiência. O secretário ordenou que a assessoria jurídica da PM formule o texto do edital do concurso de maneira a tornar a admissão de deficientes um ato legal.
A contratação de pessoas portadoras de deficiência deve causar uma espécie de reviravolta no atual modelo de recursos humanos dentro dos quartéis, admite o secretário Cláudio Santos. Hoje, quando um policial sofre algum acidente e passa a conviver com uma deficiência física, ele é totalmente afastado do trabalho e vai para a reserva remunerada.

Com a novidade do próximo concurso, ao invés de excluir a polícia passará a admitir pessoas deficientes, o que vai demandar uma grande mudança comportamental na tropa. "Claro que, dependendo do grau de deficiência, essas pessoas não vão participar de operações nas ruas, mas podem certamente ser aproveitadas nas funções administrativas".
"O deficiente é altamente produtivo e todos nós que estamos em cargos públicos temos a obrigação de tomar a iniciativa para criar possibilidades para que essas pessoas entrem no mercado de trabalho". Cláudio Santos já integrou a Comissão de Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência da Ordem dos Advogados do Brasil e participou de um projeto que ampliou as possibilidades dos deficientes dentro do sistema de educação estadual. Graças a esse projeto, hoje todas as escolas públicas no Rio Grande do Norte são obrigadas a receber alunos com deficiência sem qualquer restrição.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;