terça-feira, 2 de setembro de 2014

Café verde: o produto do momento para emagrecer

Por Portal do Juruá

Termogênico natural, café verde é um antioxidante e pode ser encontrado em forma solúvel e em cápsulas.

Com a aproximação da primavera, a busca por um corpo mais bonito e saudável é uma constante do dia a dia. Para isso, muitos são os produtos naturais que têm como objetivo o emagrecimento. Muito comentado nas redes sociais, o café verde (Green Coffee) é um termogênico natural que, segundo especialista, ajuda na redução de peso.
De acordo com a nutricionista da Ávila Produtos Naturais, Cleonir Berti Topanotti, a eficiência do produto está na própria cafeína e nas propriedades naturais do grão. Ao contrário do que se pensa, o café verde também é marrom. A diferença é que não há o processo de torrefação e, por isso, as propriedades do alimento permanecem.
São essas propriedades que contribuem para o emagrecimento. A nutricionista fala que a cafeína além de ser um termogênico natural, possui grande quantidade de antioxidantes, o que contribuem para a quebra e queima de gordura.
“Protege a célula favorecendo a absorção e metabolização das vitaminas e minerais. Assim, permanece o corpo saudável”, fala.  Quanto a procura pelo produto, Cleonir afirma que a busca foi maior assim que o café verde começou chegar na loja, há quatro meses.
No local, dois tipos de café verde são encontrados: em forma solúvel para preparar chás ou sucos e também em cápsulas. O preço do primeiro é de R$38,75 e um pote com 60 comprimidos é vendido por R$25.
Indicações de uso e contra indicações
A nutricionista orienta quem deseja tomar o produto.  Para preparar o solúvel, deve-se colocar duas colheres de chá em 200 ml de água e o suco/chá pode ser bebido três vezes ao dia. Já as cápsulas devem ser ingeridas duas ao dia, uma pela manhã e outra à tarde. Por ter cafeína, o produto nunca deve ser tomado depois das 18h, pois deixa a pessoa mais alerta e pode tirar o sono.
Apesar de natural, o café verde possui contra-indicações. É recomendado que pessoas que são nervosas, hipertensas, que tem hipertireoidismo, gastrite crônica, úlceras gastroduodenais, problemas hepáticos e reumáticos não tomem o produto. Pessoas ansiosas também devem evitar. “Ficam mais agitados com a cafeína”, explica.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;