sexta-feira, 13 de junho de 2014

"Vingança": jornais espanhóis exaltam Robben após a goleada da Holanda

Por Portal do Juruá

Diários relembram final da Copa de 2010, quando Espanha venceu os holandeses com gol perdido do atacante do Bayern de Munique, destaque do jogo desta sexta

A impiedosa goleada da Holanda sobre a Espanha teve grande repercussão, voltada para Arjen Robben. O craque holandês foi um dos nomes do jogo, com dois gols, e celebrou uma vingança contra os espanhóis. Afinal, em 2010, na decisão da Copa entre as duas seleções, ele perdeu a chance de abrir o placar, e pouco depois Iniesta fez 1 a 0 para a Roja, que levou a taça.
Marca Robben (Foto: Reprodução/Marca.com)Marca destaca vingança de Robben na goleada sobre a Espanha (Foto: Reprodução/Marca.com)

O site do jornal "Marca" estampava "A vingança de Robben" como manchete.
Depois, trocou o título para "Humilhação Mundial", e analisou: "Holanda, com um grande Robben, passa por cima de uma espanha irreconhecível, em um segundo tempo desastroso". Segundo a página do diário, que é o mais conhecido veículo esportivo da Espanha, a derrota foi "um desastre".
Marca Humilhação (Foto: Reprodução/Marca.com)Marca Humilhação (Foto: Reprodução/Marca.com)

O catalão "Sport" brincou com o termo "manita", que é como os espanhóis se referem ao fato de um time marcar cinco gols em um jogo, fazendo uma referência a uma das mãos aberta, com os cinco dedos: "Robben põe a manita". No "As", o título foi por outro lado, destacando que a estreia teve "o pior pesadelo para o campeão".
Olá ironiza Espanha (Foto: Reprodução/Ole.com.ar)Olá ironiza Espanha (Foto: Reprodução/Ole.com.ar)

Não foi apenas a mídia espanhola que repercutiu o impressionante 5 a 1. No sempre bem humorado "Olé", da Argentina, piada com a tradicional cor da Holanda, em um recado aos espanhóis: "Chupa essa laranja". No holandês "De Telegraaf", uma comemoração: "Laranja coloca a Espanha para dormir".
Fonte:  globoesporte

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do PORTAL DO JURUÁ;