Ossada humana é encontrada as margens do Rio Juruá em Cruzeiro do Sul

Na manhã do último domingo, 28, o Ciosp recebeu uma ligação dando informações de que uma ossada estava submersa nas águas do rio Juruá, nas proximidades da Comunidade Olivença, próximo ao porto do Abraão. No bairro do Miritizal.
A ossada inicialmente foi encontrada por um pescador que pescava na região e achou que se tratava de um animal, mas mesmo assim, decidiu ligar para a polícia, que ao chegar no local descobriu se tratar de uma ossada humana.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer o resgate do corpo que encontra-se com as mãos e os pés amarrados e aparentava ser de uma pessoa entre 12 a 15 anos.

Ao iniciar os procedimentos de resgate desse corpo que encontrava-se emergindo com as mãos e os pés amarrados com fios os Bombeiros perceberam que estava preso a alguma coisa. Diante disso, foi iniciado mergulhos para descobrir em que estava presa a fiação. Nesse momento, foi descoberto um outro corpo que estava totalmente submerso nas águas do rio Juruá, numa proximidade de 4 metros de profundidade amarrado ao primeiro corpo.
O Comandante do Corpo de Bombeiros em Cruzeiro do Sul, Cap. Rômulo Barros, explicou como aconteceu o resgate dos corpos.

“Um pescador se deparou com uma ossada e chamou a polícia achando se tratar de um animal. Ao chegar a polícia identificou ser ossada humana, então, fomos acionados para fazer o resgate. O primeiro corpo estava emergindo, devido o nível das águas do rio. Ao iniciar o resgate percebemos que se tratava de uma pessoa entre 12 a 15 anos e estava totalmente amarrado. Quando nossa equipe iniciou o resgate percebeu que a fiação estava submersa e presa, então foi iniciado os mergulhos e descobrimos o outro corpo totalmente enterrado, fizemos a escavação e o resgate do corpo de uma pessoa adulta. Os corpos estavam amarrados um no outro com uns 4 metros de distância. Fizemos o resgate e encaminhamos ao IML para os procedimentos cabíveis.”, finalizou o Comandante.
É de conhecimento das autoridades policiais o desaparecimento de algumas pessoas no munícipio. Mesmo não sendo confirmado, tudo leva a crer que estes corpos seja de um adolescente de 12 anos e outro jovem do munícipio do Guajará que estavam desaparecidos a algum dia. Uma vez que, segundo as informações, a família já havia recebido um vídeo que mostra a execução desses dois jovens e seus corpos sendo jogados no rio.

Moradores da região informaram a polícia que na última terça, 23, ao menos 8 tiros foram ouvidos e logo depois uma canoa saiu rio acima.
Por Acre Real

PORTAL DO JURUÁ - Noticias e informações de Cruzeiro do Sul, Juruá e do Acre, sempre com imparcialidade e o compromisso da verdade.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.