Senado federal vai contra STF e rejeita afastamento de Aécio

Em votação aberta nesta terça-feira (17), o Senado decidiu revogar a decisão do afastamento do Senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato. Por 44 votos a 26, o senado federal decide manter o Senador Aécio Neves no Senado.

Desde o dia 26 de setembro, ele estava afastado por decisão da 1ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) a mais alta Corte do poder judiciário brasileiro. O motivo do afastamento foi devido a investigação decorrentes da delação premiada de executivos da JBS.

Alem disso, o Senado conseguiu reverter outras medidas como a que determinava o recolhimento domiciliar noturno e a entrega do passaporte a Justiça.

Dos 71 senadores 81 compareceram à sessão, que foi iniciada por volta das 17 horas e teve duração de aproximadamente três horas.

Os senadores acreanos Jorge Viana, Petecão e Gladson Cameli não participaram da votação. Eles participavam da 137ª Assembleia-Geral da União Interparlamentar na Russia.

PORTAL DO JURUÁ - Noticias e informações de Cruzeiro do Sul, Juruá e do Acre, sempre com imparcialidade e o compromisso da verdade.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.