Homem que invadiu casa e abusou de mulher é preso pela Polícia Civil de Mâncio Lima

Após um minucioso trabalho de investigação dos agentes da Polícia Civil do município de Mâncio, coordenados pelo delegado Vinícius de Almeida, foi preso Edivaldo Nascimento da Silva, vulgo “negão”, 19 anos, acusado de roubo e tentativa de estupro.


O caso teve grande repercussão social, exigindo uma investigação célere e precisa. Após os relatos das vítimas, os policiais chegaram ao suspeito Edivaldo, morador da comunidade pólo, na Zona Rural do município de Rodrigues Alves.

Negão foi reconhecido pelas vítimas, e após o caso ser relatado ao Ministério Público e ao Judiciário, o suspeito teve a prisão provisória decretada.

Conforme o registro policial, na madrugada do dia oito de outubro, Edvaldo, de posse de uma arma de fogo, invadiu uma casa, rendeu os moradores e abusou de uma jovem de 19 anos.

Três adultos e quatro crianças ficaram sob a mira do suspeito por quase meia hora. Segundo as vítimas, o homem pedia dinheiro e fazia ameaças aos reféns. “Ele amarrou o proprietário da cada e ainda abusou de uma jovem de 19 anos na frente das crianças”, conta uma da vítimas.

De acordo com o delegado Vinícius de Almeida, Edvaldo já se encontra no presídio Manoel Néri da Silva, em Cruzeiro do Sul, estando à disposição da justiça. Com informações de Josemir Melo.
PORTAL DO JURUÁ - Noticias e informações de Cruzeiro do Sul, Juruá e do Acre, sempre com imparcialidade e o compromisso da verdade.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.