O Aplicativo WhatsApp deixará de funcionar em alguns smartphones

O Aplicativo WahtsApp deixará de funcionar em alguns smartphones
Portal do Juruá- Em dez dias, o aplicativo mais usado no mundo para envio de mensagens de texto, áudio, arquivos, contatos e até ligações – o WhatsApp – deve parar de funcionar em alguns aparelhos. Não é por falha, nem mesmo por uma nova decisão judicial. Mas por atualização, já que alguns sistemas mais antigos não oferecem tanta segurança quanto a marca gostaria, para garantir a privacidade a seus consumidores. 
Dentre os aparelhos antigos que não suportam mais o aplicativo estão os que usam o sistema Android 2.1 e 2.2, iPhone 3GS/iOS 6 e Windows Phone 7. Os sistemas Blackberry, Blackberry 10, Nokia S40 e Nokia Symbian S60 também perderão o acesso definitivamente dia 30 de junho. 
O Proteste notificou o Facebook, dono do WhatsApp, contra a suspensão do serviço nesses aparelhos, mas não há sinal de que haja volta. 
O WhatsApp é usado por mais de um bilhão de pessoas no mundo. Mas a notícia preocupa muitos usuários brasileiros, afinal, o País é o segundo principal cliente mundial da plataforma, atrás apenas da África do Sul, de acordo com pesquisa divulgada pela revista Exame, ano passado. 
O relatório mostra que 76% dos assinantes móveis no Brasil fazem uso regular do WhatsApp, que é o comunicador instantâneo mais popular no País. Na África do Sul, o número é de 82%. O terceiro país no qual o aplicativo é mais popular é a Nigéria (73%), Alemanha (72%) e Índia (63%). 
Em todos esses países, logo atrás do WhatsApp vem o uso do Facebook Messenger. Ele só ultrapassa o número de usuários regulares do Whats (como também é chamado) nos Estados Unidos. Lá, 65% das pessoas preferem o Messenger, assim como no Reino Unido, que tem 59% do público preferindo a ferramenta do Facebook que também se desmembrou dela.
Alternativas
Quem está preocupado com o possível fim do WhatsApp qualquer dia desses pode, então, experimentar outros aplicativos que têm a mesma finalidade. Um exemplo é o WeChat, famoso por ser usado com regularidade na China. Por lá, 79% dos usuários o preferem.
Outro aplicativo que pode ser útil principalmente a quem gosta de grupos grandes é o Telegram. Nele é possível bater papo, por exemplo, em uma conversa em que cabem até mil pessoas. 
Mais parecido com o Messenger pelos emoticons, há o Viber. Ele também usa o número de telefone para a troca de mensagens e a realização de chamadas.
Mais opções
Se os anteriores perdem porque precisam que os amigos tenham a mesma plataforma instalada, uma boa opção podem ser os Hangouts. É um serviço que qualquer pessoa com conta de e-mail no Google pode ter. E serve tanto para troca de SMS quanto para bater papo. 
Mais novo que ele, e também do Google, só o Allo. Muito parecido com o WhatsApp, ele inclui integração com o aplicativo de buscas já instalado nos aparelhos smartphones e que o cliente faça desenhos e anotações sobre fotos ou busque endereços para compartilhar nas conversas, que podem ser secretas. Aí, basta entrar nas buscas de cada aparelho para baixar os aplicativos.
Com informações da a tribuna

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.