Agricultor confessa ter matado ex-presidiário durante bebedeira, diz delegado

Portal do Juruá- Um agricultor de 35 anos se apresentou na Delegacia de Polícia de Cruzeiro do Sul e confessou ter matado com um tiro nas costas o ex-presidiário Adriano Ferreira da Silva, de 26 anos, no domingo (18). O delegado Alexnaldo Batista fez a oitiva e indiciou o agricultor por homicídio. Ele deve responder ao crime em liberdade.
Agricultor confessa ter matado ex-presidiário durante bebedeira, diz delegado
Homem se apresentou na delegacia de Cruzeiro do Sul (Foto: Anny Barbosa/G1 )
“Ele conta que se sentiu perseguido pela polícia e se apresentou na delegacia. Disse que a motivação foi uma desavença que ocorreu na tarde do crime. É um agricultor, não tem nenhum envolvimento com crimes. Se sentiu ameaçado pelo rapaz que ameaçou ele e a família. Ele disse ter ido em casa pegar uma arma e quando a vítima estava chegando na casa onde estava passando o final de semana, efetuou o disparo”, contou o delegado.

O homem alegou que após ser ameaçado por Silva, se sentiu envergonhado, pois segundo o agricultor, o homem teria corrido atrás dele com um facão.

“Ele se apresentou acompanhado de um advogado e vai responder o processo em liberdade. Fui indiciado por homicídio qualificado devido a várias agravantes”, explica Batista.

Após a conclusão do procedimento na delegacia, o inquérito será encaminhado ao Judiciário. A vítima tinha várias passagens pela polícia e já cumpriu pena no presídio local.

Com informações do G1 Acre

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.