Agente Penitenciário é baleado na cabeça, no 2º Distrito de Rio Branco


Um Agente Penitenciário (Agepen) foi induzido a uma emboscada por volta das 22h00 desta quarta feira no bairro Taquari. Ele deu carona a um desconhecido do conjunto “Cidade do Povo” até o bairro Taquari, onde foi surpreendido com um tiro no rosto. Apesar do cérebro não ter sido atingido, o rapaz pode ficar cego. O agressor desapareceu.


O agepen Paulo Oliveira estava na residência dele por volta das 22h, na “Cidade do Povo”, quando um indivíduo ainda não identificado pediu uma carona. O Agente saiu no carro da mãe juntamente com o suspeito e o próprio filho.

Ao chegar ao bairro Taquari, o agepen verificou se tratar de uma emboscada. Paulo foi atingido na região da face por um tiro de revólver calibre 38. Ainda não há maiores informações sobre o momento dos disparos.

Paulo foi socorrido ao hospital e está em situação estável. A avaliação do neurocirurgião é informar não ter havido danos cerebrais, mas o oftalmologista concluiu ter havido perdeu total da visão do olho esquerda, local por onde saiu o projétil. A visão do olho direito, seriamente comprometida, ainda depende de outros exames.

A Polícia Civil trabalha com várias linhas de investigação, inclusive tentativa de execução por parte de facções criminosas.

Da redação do Portal do Juruá com informações do ac24horas

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.